Os doze dias (antes) do Natal - 12º dia

18:06

Já cá está, a véspera de Natal, um dos melhores dias do ano! Família em casa, docinhos feitos, prendas a postos, um serão pela frente...! Estava hoje eu a pensar, quando fomos buscar os perus, que é recorrente pensarmos que a magia do Natal se vai perdendo com a idade, a começar pelo deixar de acreditar no Pai Natal e a acabar na perda da inocência. Mas hoje, com o sol a bater-me na cara depois de dias seguidos de chuva e vento violentos, de um semestre mais violento que tudo isso, senti que estou mesmo bem. Posso não sentir a mesma ansiedade pela noite de Natal, não sentir a mesma magia de antes, mas sinto uma magia diferente. A de estar em casa, de estar com a família, com os amigos, no aconchego do que me sabe bem. E se esta deixou de ser uma altura tão especial como era antes é talvez porque agora há outras alturas que também o são ou que ganharam outra importância. No fundo, o Natal continua a ser o que sempre foi, mas com novos desejos, novas esperanças. E, sinceramente, depois de tudo o que me passou pela cabeça nos últimos meses, só agradeço não só que ele me devolva aqueles que eu adoro como que me restitua a capacidade de sonhar.

You Might Also Like

0 comentários

Segue o Capítulo 3!